Conrad Punta Del Este, minha última experiência e entenda onde ficar em Punta.

Conrad Punta del Este Rambla C. Williman Parada 4

Veja tarifas e reserve no Hotéis.com ou Booking.

Conrad Panoramica Noite

{ O hotel – foto. }

BACK! Finalmente né? Preciso aprender a me programar para postar de viagens, eu sei! #2017goals… É que a internet não carregava fotos muito bem no hotel então foi ficando para depois e depois e não procurei um lugar melhor… Me desculpo pela ausência… Mas, falando em hotel, vim falar sobre minha experiência agora do fim do ano!

Fiquei 17 dias em Punta del Este, no Uruguai. Amo muito lá, minha família também, vamos pelo menos uma vez por ano, Réveillon ou Carnaval, muitas vezes os dois e algumas vezes até fora de época. Posso tranquilamente dizer que já fui umas 30 vezes para Punta. Quando eramos bebê, meu pai alugava casa e ficávamos o verão todo por lá.

Conrad Ovo Beach

{ O parador de praia, OVO Beach. – foto. }

Ainda alugamos casa de vez em quando, só que 2016 foi uma correria e fomos deixando para depois… O outro hotel que ficávamos, o Mantra, foi vendido e não sabíamos como estaria… Havíamos ido Carnaval passado nessa transição e estava uma bagunça. Esse final de ano parece que já estava tudo ótimo! As casas onde curtimos também não tinha as opções que queríamos, e o único apartamento que achamos ficou naquela discussão de será que sim será que não… No fim, voltamos ao Conrad, o hotel hoje mais conhecido de Punta de Leste.

O Conrad fica no centro de Punta del Este, onde tem acesso a muita coisa mais é também longe do burburinho da Barra e de Manantiales que gostamos. Vamos entender: o Conrad é perto do centro centro da cidade, mais movimentado e com a turistada, enquanto costumamos ficar na Barra onde é mais jovem, é mais novo e tem mais lugares modinhas. A Barra também é do lado de Manantiales, outro centrinho legal e meio caminho para José Ignacio. José Ignacio é a cidade do lado, que apesar de ter gente que acha que não precisa ir, acho que TEM que ir. José Ignacio é bem europeu, muitas casas de gringos e tem um charme a parte. É para lá que tem os dois famosos aparadores de praia que são programas para uma tarde toda! E muitos restaurantes incríveis… Falarei depois. Em resumo, em uma ponta esta José Ignacio, em outra o Conrad e o Centro, e  – no meio do caminho – Barra e Manantiales.

Em Punta, não dá para ficar sem carro, alugue e alugue antes! Qualquer lugar que você ficar você vai querer andar para o outro lado. Como localização, eu prefiro ficar na Barra mesmo, pois muitos dos restaurantes a noite em Jose Ignacio do Conrad deram uma hora para ir. Existem outras opções no meio do caminho também, mas mais para o lado do centro, com o famoso Hotel L’Auberge, o Yoo e o Grand Hotel… Mas surpreendentemente, eu amei ficar no Conrad esse ano. Já tinha tido uma experiência pior há uns anos atrás, mas por vários motivos eu AMEI esse ano mesmo!

Primeiro, pegamos quartos novos. Alguns quartos foram reformado e a promessa é de concluir a reforma em 2018. Também vai inaugurar torres novas com quartos mais modernos. Achei os quartos amplos e excelente, banheiro iluminado novinho e a cama maravilhosa. Dormi muito bem nessa viagem diga-se de curiosidade.

Conrad Bay Room

{Bay Room, dos novos, muito confortável – foto. }

Segundo, aproveitei bastante a praia. No Mantra, hoje com o nome de Punta Resort, apesar de ter a piscina deliciosa que passava o dia todo, o parador da praia é alugado para restaurantes e fica difícil usar. Ali na frente do Conrad, o parador chama Ovo Beach Club, mas descendo ele você tem uma praia ampla (Praia Mansa) para curtir com o serviço de praia do hotel de cadeiras, toalhas e etc. Nessa praia, aluguei Jet Ski três dias para andar, muito gostoso! A piscina também aproveitei bastantes dias, mas confesso que a do Mantra é mais gostosa, mais adulta sabe? Menos barulheira… Mas mesmo assim aproveitei muito o sol (com protetor!) e o clima estava delicioso.

Conrad Piscina

{ Piscina do Conrad, com vista para a praia – foto. }

Depois, a praticidade dos restaurantes foi ótima. 17 dias é MUITO para ficar em um hotel. Acho que em um hotel menor iria me dar agonia. No Conrad, quando não queríamos sair, tínhamos mais opções. O francês e italiano St Tropez é mais formal, falarei sobre, jantamos duas vezes. O Las Brisas é o restaurante básico do hotel, que alguns dias tem opção de buffet (bem fraquinha achei) mas o a la carte é excelente. Muito bom para saladas e carnes. Ainda a noite, quando queríamos algo leve, iamos no Ovo  Night Club, que tem restaurante e balada do mesmo nome que o Beach Club que falei, e serve comida japonesa e peruana. Fomos também umas três vezes. E na piscina, tem um grab & go com sucos e saladas e um restaurante que a carne estava sempre maravilhosa, almoçamos lá também umas 5 vezes… Pelo tempo da viagem, achei que ter essas opções foi fundamental. Ainda tem um bar com tapas que acabamos não indo, e muita opção de room service.

Conrad St Tropez

{ St Tropez, o restaurante mais formal do hotel. – foto. }

Outra coisa importantíssima para estadias longas é que o SPA e a academia são maravilhosos e bem completos. Dá até gosto de ir malhar! Nada pior que aquelas academias abandonadas, com aparelhos antigos e abafadas né? Lá é tudo espaçoso, novo, arejado e limpo – com vista ainda!

Conrad Gym

{ Entrada da academia, no SPA do hotel – foto. }

Por último, o Conrad tem mais vida a noite. É o único hotel que tem casino hoje, depois que fecharam o do Mantra. O Casino tem um bar agitadinho também, e é ponto de encontro e até ponto turístico, então tá sempre lotado. O Ovo tem balada a noite, mas é balada mais uruguaia… Fomos poucas vezes e nesse ano, nenhuma vez. Ainda tivemos sorte da Hed Kandi, melhor festa de Punta (falarei sobre) ser no hotel, porque apesar de outros lugares serem mais bonitos, chegamos no dia da festa correndo para ir se arrumar!

Conrad Casino

{ Parte do Casino, que é bem grande. – foto. }

UFA! Foi isso. Vou postar tuuudo da viagem não se preocupem! Como foram de fim de ano?

IN A FEW WORDS: Punta del Este and where to stay? One side is Conrad, the most famous hotel, very downtown and next to the most busy tourist streets. On the middle you have hotels like L’auberge (closer to downtown), Grand Hotel and Yoo Hotel. After that, at my favorite location La Barra and Manantiales, you have a lot of houses for rental and the old Mantra, now Punta Resort. A bit more far away is the nearby city José Ignacio, with amazing houses and hotels and most European visitors. I love love La Barra and Manantiales, but this time I enjoyed Conrad a lot. We where here for 17 days so all the possibilities of the location and structure of a big hotel made a big difference!

xxx BK.

 

COMPARTILHE:

2 Comentários

  1. JACQUELINE
    Fevereiro 5, 2017 / 3:04 am

    Barbara tu sabe se tem day use no Conrad?
    Caso positivo, tu sabes o valor?

    • Bá Khouri
      Fevereiro 10, 2017 / 7:34 pm

      Oi Jacqueline! Acredito que não mas vale a pena checar com eles. Mas dependendo que serviço quer usar, minhas dicas: as espreguiçadeiras e sofás da praia você pode alugar se não for hóspede, mas depende da lotação. Em dias muitos cheios, eles deixam de alugar para ter lugar aos hóspedes… Minha dica é chegar cedo que consegue. O restaurante da praia qualquer um pode sentar, assim como os restaurantes do hotel. O casino também é aberto. O Spa você pode comprar um tratamento ou massagem e pode usar o spa a vontade, é muito bom. Acredito que inclui o acesso a academia, que é na mesma área. Só a piscina que tenho dúvidas, porque checam a chave na entrada, não sei se há opção para não hóspedes! Se descobrir sobre Day Use, conta aqui! Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *