Alpinzentrum & Como escolher uma escola de Ski ou Snowboard.

Alpinzentrum Hornbergstrasse 3A, Saanen

Confesso que, escolher escola para fazer aula de Snowboard ou Ski é normalmente uma tarefa em que não pensamos muito. Em uma primeira pesquisada, caímos em duas escolas, pedimos preço e informações e pronto.  Ou as vezes pegamos a que o hotel recomenda… E assim vai.

Entretanto existem alguns pontos muito importantes para essa escolha. A experiência pode ser maravilhosa ou bem diferente do imaginado. Por experiência, resolvi escrever um pouco sobre o que prestar atenção na hora de marcar suas aulas! E depois, vou contar sobre a escola que usamos agora em Gstaad.

Local

Quando estamos indo para uma estação nova, é comum ter pouco conhecimento sobre as montanhas da região e as diferenças de pistas. Esse até é um motivo pelo qual eu quero escrever tão detalhadamente sobre meus dias de Snowboard. Mas é importante tem um pouco de noção de onde será sua aula.

Por exemplo, no site de Gstaad você consegue ver o mapa interativo da região, e quase todas as estações tem um mapa bem parecido. Com essa ferramenta e perguntando para as escolas quais pistas você terá aula, você consegue saber se tem bastante pista perto, se tem vila com restaurantes ou restaurantes na montanha, como é a subida (gôndolas, T-bars, cadeiras abertas…) e etc.

Facilidades

Eu sempre acho legal pegar nas montanhas com mais restaurantes e pistas, que costumam ser as mesmas. As montanhas menores podem ter menor preço mas você vai evoluir e não terá tanta pista para conhecer perto e terá que deslocar, sem contar que pode atrapalhar o tempo de montanha procurar restaurante entre outros.

Duração e Horário

A duração de aula é muito importante, assim como o horário. Aos aficionados que querem curtir ao máximo, sugiro marcar aula no primeiro horário logo de manhã (normalmente 9h ou 9h30)  e depois curtir a montanha sozinhos. Se marcar aula mais tarde, é bem capaz que você vai enrolar e só chegar na montanha na hora da aula. Os mais tranquilos, podem acordar com calma, fazer um Spa, tomar um café da manhã tarde e marcar aula 11h por exemplo, e deixar o almoço para depois.

A maioria das pistas em Gstaad fechavam 16h30 e em outra viagem já vi pistas que fecham 15h30 ou 16h então tenha isso em mente na hora de escolher a duração. Se você quer só esquiar com aula, tudo bem, mas se você quiser tempo sozinho, se organize!

vista da montanha

Na subida… @bakhouri.

Formato

Eu só fiz snowboard em duas viagens na minha vida, em 2015 em Whistler e agora em Gstaad, e fiz em dois formatos diferente: aula em grupo e aula particular. E por incrível que pareça, preferi a aula em grupo, desde que grupos pequenos.

Aulas em Grupo

Em Whistler, pegamos um formato que chama max 4, de máximo 4 alunos por aula. Tanto eu e o Davi estávamos na primeira vez e começamos no iniciante. A tarde, ele evoluiu muito bem e já passou para a turma da frente, enquanto eu e as outras duas pessoas ficamos.

E assim foi a viagem inteira, quando alguém tava indo melhor passava para frente. Como fui mudando de turma, os professores mudavam, e assim recebia dicas de vários profissionais, que explicando de maneiras diferentes evoluí muito.

Além disso, por ser poucas pessoas o professor tem capacidade de te olhar direitinho, mas você também tem tempo para ir testando o que ele te falou enquando ele ajuda os outros. Eu gosto disso porque eu preciso tirar uns minutinhos e ir treinando “em paz” em vez de ter o professor sempre em cima…Mas essa é minha experiência pessoal. Minha irmã por exemplo, gosta do particular.

Aulas privadas

Agora em Gstaad não conseguimos aula em grupo de Snowboard, só tinha para crianças! A maioria das escolas só tem Ski. Tivemos um professor particular, o Joel que vocês viram no Vlog do primeiro dia. Ele foi muito bom, paciente e excelente professor… Mesmo assim, eu preferia ter mais tempo sozinha. Tanto que, as aulas em grupo eram 4 horas que fiz e passava voando.

A aula particular que fizemos (na verdade eu e o Davi juntos) era 2 horas e no meio eu já queria que acabasse para fazer sozinha. No entanto, eu melhorei bastante em dois dias. São formatos a analisar e pensar como você se sente melhor, como você aprende melhor (com ajuda ou sozinha treinando) e etc. Dito isso, eu não acho que aula em turmas muito grandes sejam legais, você ainda precisa ter o acompanhamento do professor e atenção para aprender, evoluir e não se machucar.

Professores

É legal perguntar algumas informações dos professores como por exemplo, que idiomas eles falam. Em muita estações da Europa os professores falam muito pouco inglês, falando francês por exemplo ou italiano. Se for importante, é legal você solicitar alguém fluente na língua, que sempre tem.

Outra coisa para prestar atenção é se você tiver contratando aula para criança por exemplo, acho legal ser professores com experiência. Não precisa ser chato e perguntar tudo do professor porque em geral são todos bem treinados, educados e preparados. E se você tiver um problema, pode pedir para trocar na escola. Mas acho que a questão do idioma por exemplo é bom lembrar já que estamos falando de como escolher uma escola de ski.

Pronta para descer! @bakhouri

Ufa! Minhas dicas são essa, e foi assim que escolhi nossa escola em Gstaad. Primeiro queria uma escola com aula em grupo pequenos, até entender que nenhum escola tinha grupos de Snowboard para adultos. Depois, pensei em uma escola na montanha de Gstaad, e acabei descobrindo que a Saanenmoser na verdade teria mais pistas para iniciantes.

A Alpinzentrum

Nessas conversas, um atendente da Alpinzentrum me explicou que eu poderia marcar com o professor em qualquer montanha, e isso foi um ponto muito positivo. Por último, a outra escola que estava vendo tinha horários congelados… Para aulas de 2 horas de duração só podia fazer a tarde. Então achei que ia me fazer perder o dia e querer acordar tarde, então ficou na Alpinzentrum! Os preços são muito parecidos então não teve um grande peso.

Primeiro dia!@bakhouri

A Alpinzentrum fica em Saanenmoser como falei, uma montanha grande e com bastante pistas. Ela é a mais alta das três principais e por isso a neve é sempre melhor. Chegando, você vê uma casinha pequena de madeira de frente para a entrada do lift com um relógio da Tag Heuer de parede… Deu para ver bem nesse vlog.

Chegamos, falamos da nossa reserva, e encontramos nosso professor. Nos outros dias combinávamos com ele onde encontraríamos ele…Não tenho do que reclamar, o atendimento da escola foi ágil! E o professor era bom e prestativo inclusive em mostrar a região e restaurantes.

Evoluímos bastantes, até fiz um Nollie sem saber o que era, e depois aprendi um Ollie… Pulei uma rampa no snowpark (sem querer mas valeu) e fui obrigada a descer uma pista vermelha! Mas isso são assuntos e explicações para outro dia!

xxxxxx BK.

já viu o Vlog com meu primeiro dia na montanha?

 Salve no seu Pinterest!

COMPARTILHE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *